Avanços na infância | O Projeto Infância Transformadora | UNICEF

Progresso na infância

Avanços na infância

A nostalgia pode se tornar uma força poderosa, mas, quando se trata da infância, a vida mudou para melhor?

Conduzimos uma pesquisa entre jovens de 15 a 24 anos e adultos com mais de 40 anos em 21 países para explorar como a infância está se transformando.

Leia mais sobre a pesquisa
Considere as seguintes sete dimensões da infância: qualidade da atenção à saúde, qualidade da educação, segurança física, bem-estar mental, oportunidades para brincar, acesso a alimentos saudáveis e acesso a água potável.

Quantas dessas sete dimensões você acha que são melhores para as crianças hoje do que para a geração de seus pais?

Responda à pergunta acima para saber mais sobre a natureza transformadora da infância.

Voltar à questão

A grande maioria das pessoas pensa que a infância melhorou na maioria dos países em várias dimensões na última geração.

Entre essas diferentes dimensões da infância, jovens e adultos com mais de 40 anos estão mais convencidos do progresso nas áreas da saúde...

... e água potável.

O progresso também é reconhecido ao longo das gerações — em um grau menor — na qualidade da educação...

... oportunidades para brincar...

... segurança física...

… e acesso a alimentos saudáveis.

Jovens e adultos com mais de 40 anos estão menos convencidos do progresso no bem-estar mental das crianças.

Essas visões alinham-se amplamente com a realidade: nas últimas três décadas, o mundo registrou um progresso surpreendente na expansão do acesso a água potável, redução da desnutrição infantil, fornecimento de cuidados de saúde essenciais e muito mais. Em 1990, 9% das crianças nunca chegaram ao quinto aniversário. Em 2020, essa porcentagem caiu para menos de 4%.

Enquanto muitas crianças ao redor do mundo ainda enfrentam desafios e são privadas de suas necessidades mais básicas, é inegável que ganhos enormes foram alcançados para a maioria das crianças do mundo.

Mais pessoas de 15 a 24 anos dizem que em média a infância é melhor hojeMais pessoas de mais de 40 anos dizem que em média a infância é melhor hoje

Em geral, os jovens são mais propensos a reconhecer melhorias na vida das crianças.

Isso é verdade em quase todos os países, mas especialmente na Ucrânia e no Peru.

Por outro lado, os jovens não têm mais probabilidade do que os mais velhos de acreditar que a vida das crianças melhorou no Marrocos, na Índia e em Bangladesh.

O progresso em diferentes dimensões da infância continuará a melhorar na próxima geração?

Compartilhe esta história

Saiba mais sobre este aspecto de como a infância está se transformando.

Saúde mentalSob pressão